Asia

Trincomalee: A nova ocupação neerlandesa e a reconstrução do forte

Plano de Fort Trincomalee, feita pelo Chevalier de Suffren em agosto 1782

Escrito por Marco Ramerini. Tradução feita por João Bergmann Atrás: A conquista neerlandesa eo abandono do forte 5.0 A NOVA OCUPAÇÃO NEERLANDESA E A RECONSTRUÇÃO DO FORTE Durante os anos, que se seguiram, os neerlandeses aparentemente mantiveram apenas um pequeno posto-avançado na baía de Kottiyar1, mas isso não é fato comprovado. O que realmente se sabe é que em 1660 ...

Read More »

Trincomalee: A conquista neerlandesa e o abandono do forte

Fort Fredrick, Trincomalee, Sri Lanka. Autor Bel Adone. No Copyright.

Escrito por Marco Ramerini. Tradução feita por João Bergmann Atrás: A chegada dos dinamarqueses e neerlandeses e a construção do forte português 4.0 A CONQUISTA CONQUISTA NEERLANDESA E O ABANDONO DO FORTE O primeiro ataque dos neerlandeses contra os fortes portugueses do Ceilão foi dirigido à costa leste da ilha, onde os portugueses não eram tão fortes. O primeiro objetivo foi o ...

Read More »

Trincomalee: A chegada dos dinamarqueses e neerlandeses, e a construção do forte português

Mapa de Trincomalee por Antonio Bocarro (1635). Livro das Plantas de todas as fortalezas, cidades e povoaçoens do Estado da Índia Oriental (1635)

Escrito por Marco Ramerini. Tradução feita por João Bergmann Atrás: Os primeiros contatos com os portugueses 3.0 A CHEGADA DOS DINAMARQUESES E NEERLANDESES, E A CONSTRUÇÃO DO FORTE PORTUGUÊS A importância estratégica do controle sobre as baías e portos da costa leste do Ceilão ficou clara coma chegada dos primeiros contendores europeus aos mares da Ásia. Na verdade, o primeiro contato ...

Read More »

Trincomalee: Os primeiros contatos com os portugueses

Mapa de Sri Lanka (Ceilão) (1681). Robert Knox. An Historical Relation of the Island Ceylon.

Escrito por Marco Ramerini. Tradução feita por João Bergmann Atrás: Introdução 2.0 OS PRIMEIROS CONTATOS COM OS PORTUGUESES Um interesse inicial dos portugueses em relação a Trincomalee aconteceu no início da década de 1540. Tudo começou quando o rei de Kandy, Jayavira, seguindo conselho de Nuno Alvarez Pereira1, pediu ao governador português Martim Afonso de Souza para que ele abrisse ...

Read More »

A Herança da Língua Portuguesa no Oriente (Ásia)

Mapa da Ásia (1627). Autores Bertius; Danckerts; Tavernier. No Copyright

Escrito por Marco Ramerini. Tradução feita por Márcia Siqueira de Carvalho. Revisão do texto traduzido por Dietrich Köster. A língua portuguesa foi nos séculos XVI, XVII e XVIII a língua dos negócios nas costas do Oceano Índico em função da expansão colonial e comercial portuguesa. O português foi usado, naquela época, não somente nas cidades asiáticas conquistadas pelos portugueses, mas ...

Read More »

O forte português de Ternate

Ternate (1883-1889), Molucas, Indonésia. Autor Tropenmuseum of the Royal Tropical Institute (KIT). Licensed under the Creative Commons Attribution-Share Alike

Escrito por Marco Ramerini O forte Português de Ternate foi fundado por António de Brito, em 1522, a pedra fundamental da fortaleza foi posta para a festa de São João Batista, 24 de junho de 1522, o forte foi chamado de “São João Baptista de Ternate“. A parede exterior da fortaleza continha um espaço de 26 ou 27 braças (Português) ...

Read More »

Os Portugueses em Baçaim (Bassein, Vasai): as ruínas de uma cidade Portuguesa na Índia

O Portão de entrada para a cidadela da fortaleza. Baçaim (Vasai). Autor e Copyright Sushant Raut

Escrito por Marco Ramerini Bassein-Vasai (Baçaim) está situada a cerca de 70 quilômetros ao norte de Bombaim, no Mar da Arábia. Encontra-se em uma ilha na foz de um rio e foi graças a esta posição facilmente defensável. A cidade, que pertencia ao Reino de Cambaia, era muito importante antes da conquista Português. As fontes de riqueza de Baçaim (Bassein) foram: ...

Read More »

As Independências do Ultramar Português

Fortaleza da Ilha de Moçambique, Moçambique

Escrito por Dietrich Köster Brasil: 7 de Setembro de 1822 Cabo Verde: 5 de Julho de 1975 Guiné: proclamação unilateral: 24 de Setembro de 1973, independência definitiva: 10 de Setembro de 1974 São Tomé e Príncipe: 12 de Julho de 1975 São João Baptista de Ajudá: ocupação pela República do Daomé (Benim): 1 de Agosto de 1961 Angola: 11 de Novembro ...

Read More »