Portuguese forts of Curiate and Sidabo from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia
Portuguese forts of Curiate and Sidabo from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia

The Portuguese forts of Curiate and Sidabo

Curiate (Kuriyat/Qurayyat) is a town situated south-east of Muscat along the Oman coast.

The Portuguese fortress of Curiate (Kuriyat/Qurayyat) was rectangular fortress built by the Arabs and conquered by the Portuguese in 1507. The fort was probably rebuilt in the last quarter of the 16th century. The Portuguese lost this fort in 1648.

Here a description of this fort extracted from António Bocarro “O livro das plantas de todas as fortalezas, cidades e povoações do Estado da Índia Oriental”:

DESCRIPÇÃO DA FORTALEZA DE CURIATE: “A fortaleza de Curiate, de Sua Magestade, está doze legoas antes de Mascate pera o Cabo Rosalgate, sita na costa braba, a borda da praya, onde não ha rio nem emceada nenhûa mais que hum ilheo pegado e continuo com a terra firme, que he somente ilheo em lançar ao mar hum outeiro pequeno, o qual em aguoas vivas fica em nado. Neste lugar se abrigão algûas embarcações pequenas de pescadores do sul e sudueste, porque pera mayores não tem fundo. Ao longo delle, está neste ilheo feito hum baluarte, couza pequena, do tamanho de hûa caza, de des paços andantes de praça, em quadro, que se fes pera vigiar daqui artilharia pera o campo e o mar (oje não tem nenhûa). A fortaleza de Curiate que dizemos esta a borda da praya he em quadro não perfeito, senão hum pouco mais comprida que largua, e terá de comprimento, nos dous lanços de muro que vão da praya pera a terra dentro, sincoenta paços andantes e, nos outros dous, de largura (que correm a borda da praya) trinta.” From: António Bocarro “O livro das plantas de todas as fortalezas, cidades e povoações do Estado da Índia Oriental”

Portuguese forts of Curiate and Sidabo from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia

Portuguese forts of Curiate and Sidabo from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia

For the image thanks to Prof. Nuno Varela Rubim and Prof. Rui Carita (“O Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia, na Fortaleza de S. Julião da Barra, com 22 plantas de anónimo (I Manuel Godinho de Erédia, de cerca de 1620), e 55 plantas de anónimo (II de cerca de 1640)”).

Curiate and Sidabo. Text of the document from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia

Curiate and Sidabo. Text of the document from Prof. Rui Carita Lyvro de Plantaforma das Fortalezas da Índia

 

banner
Close
Stay informed about Colonial Voyage